terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Saudades


Vivendo num mundo rodeado de tantas coisas
Às vezes esquecemos que não as somos.
Vivendo num mundo de tantas gentes
Às vezes esquecemos que as somos.

Quando o sol vem forte
Sentimos seu ardor
E o coração se enche de fervor.

Ao ouvir a doce chuva
Brota no ser grande paz
E o verde predomina dentro da moldura.

Moldura simples
O rústico retângulo da janela.
E simplesmente explico
Mudar de estado é coisa bela

Em cada lugar uma lição
E ao devagar o pensamento
Passeiam as lembranças
Trazendo-me grande emoção.


Goteja a chuva marcando o compasso
A mente viaja
Sonhando do antigo amigo
Receber um novo abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...