domingo, 5 de julho de 2020

Restaurando o Culto e a Honra


Prelúdio

Boa noite meus amados irmãos! Que a graça e paz do Senhor Jesus estejam sobre suas vidas.

Esta semana em minhas orações estive refletindo junto ao Senhor; que talvez este fosse o último culto presencial antes de um novo fechamento.

Então perguntei: E se for… O que o Senhor desejaria que fosse ministrado sobre a sua Igreja?

E o que o Espírito Santo ministrou em meu coração se encontra em 2Crônicas capítulos 29 até o 31.


Texto Base

2 Crônicas 29:1-11
Ezequias tinha vinte e cinco anos de idade quando começou a reinar, e reinou vinte e nove anos em Jerusalém. O nome de sua mãe era Abia, filha de Zacarias.
Ele fez o que o Senhor aprova, tal como tinha feito Davi, seu predecessor.
No primeiro mês do primeiro ano de seu reinado, ele reabriu as portas do templo do Senhor e as consertou.
Convocou os sacerdotes e os levitas, reuniu-os na praça que fica no lado leste
e disse: "Escutem-me, levitas! Consagrem-se agora e consagrem o templo do Senhor, o Deus dos seus antepassados. Retirem tudo o que é impuro do santuário.
Nossos pais foram infiéis; fizeram o que o Senhor, o nosso Deus, reprova e o abandonaram. Desviaram o rosto do local da habitação do Senhor e deram-lhe as costas.
Também fecharam as portas do pórtico e apagaram as lâmpadas. Não queimaram incenso nem apresentaram holocausto no santuário para o Deus de Israel.
Por isso, a ira do Senhor caiu sobre Judá e sobre Jerusalém; e ele fez deles objeto de espanto, horror e zombaria, conforme vocês podem ver com os seus próprios olhos.
Por isso os nossos pais caíram à espada e os nossos filhos, as nossas filhas e as nossas mulheres foram levadas como prisioneiras.
Pretendo, pois, agora fazer uma aliança com o Senhor, o Deus de Israel, para que o fogo da sua ira se afaste de nós.
Meus filhos, não sejam negligentes agora, pois o Senhor os escolheu para estarem diante dele e o servirem, para ministrarem perante ele e queimarem incenso".

2 Crônicas 29:1-11


Introduçã0

Depois dos reinos de Saul, Davi e Salomão, o país Israel se dividiu em dois. A nação do Sul adotou o nome de Judá e se manteve fiel a linhagem de Davi. Já o povo de Norte adotou o nome de Israel.
Nesta época, em Judá, no Sul, Ezequias assume como rei. O Reino do Norte já havia sido destruído em 722 a.c. pelos Assírios; restando apenas alguns poucos povoados aqui e ali, sobreviventes das guerras.
Ezequias percebe que toda aquela destruição só se tornara possível porque o povo (norte e sul) haviam abandonado o Senhor. Inicia então uma série de reformas, inclusive tentando reunir o povo de Deus em uma única nação.


1. Convocação aos líderes

Ezequias não fica esperando. Não fica procrastinando. Ezequias não fica deixando sua reforma para um dia que nunca chega. Ele começa de sola na frieza, no pecado…
Nosso texto começa deixando claro que Ezequias estava comprometido em ser e fazer o que Deus aprova.
Reabriu o culto ao Senhor que havia sido deixado de lado. E Consertou as portas do Templo.

Ei! Até quando você vai ficar esperando para consertar o seu relacionamento com Deus! Até quando você vai ficar esperando para restaurar o seu altar de adoração ao Senhor?
Já teve todo o tempo de quarentena para fazer isso. Os cultos voltaram e você teve mais tempo para fazer isso! Ouviu pregações fortes aqui a cada domingo, mas, voltando (ou permanecendo) em casa continuou do mesmo jeito! CHEGA DE DEIXA PARA DEPOIS!
Você vai ter agora mais 15 dias para ficar em casa: RESTAURE O ALTAR DO LUGAR SECRETO!!!
Será que você ainda não entendeu que o Espírito Santo está te chamando para o secreto?

A palavra de Ezequias para aquela geração era: CONSAGREM-SE.
Ezequias foi capaz de perceber que o povo não estava desfrutando daquilo que hoje chamamos de vida cristã vitoriosa. Estavam empobrecidos, humilhados, tristes, desgraçados…
Ele identifica que o povo havia fechado as portas. Tinha apagado as lâmpadas. E já não mais prestava adoração com incenso, muito menos pedia perdão através de holocaustos.


2. Escassez de sacerdotes
E aqui há um grande problema. Os levitas, especialmente os sacerdotes, viviam das ofertas levadas ao Senhor no Templo de Jerusalém. Como o povo abandonou sua fé e foi infiel ao Senhor todos aqueles que serviam ao Senhor no Templo ficaram em uma situação muito complicada. Eles não recebiam herança da mesma maneira que os demais. A grande herança deles era servir ao Senhor. Não tinham uma profissão, uma carreira como os demais.
Quando o povo parou de prestar culto ao Senhor, aqueles que haviam sido escolhidos pelo Senhor para servi-lo precisaram encontrar outras formas de sobreviver.
Alguns caíram na idolatria e passara a servir outros deuses, trabalhando ali como sacerdotes. Outros deram um jeito de conseguir mais terras, rebanhos e consolidar suas vidas e famílias de outras maneiras.

Quando então Ezequias faz a convocação, não há sacerdotes o suficiente. O povo queria perdão, e para isso seus sacrifícios precisavam ser oferecidos. Porém os sacerdotes estavam lá no campo… E pior nem queriam voltar mais.
A desonra se instaurara em dose tripla.
a. Todos desonraram a Deus.
b. O povo desonrou os sacerdotes (ao desassisti-los).
c. Os sacerdotes desonram o povo (ao não se consagrarem).

Esse é o tempo de converter o coração dos pais aos filhos e dos filhos aos pais. Líderes e liderados restabelecerem a honra entre si e ambos diante de Deus.

Infelizmente nessa história foi necessário que Ezequias convocasse os Levitas para fazer o serviço que era prioritário as sacerdotes.
Amado, se você foi ferido em algum processo da vida da igreja; essa é a hora da cura. Você não pode ficar donte para sempre. Está na hora de superar isso. Com todo carinho eu lhe digo. Se não superar Deus levanta outro para fazer o ministério que era seu.

No versículo 11; mostra que os levitas (e sacerdotes) haviam sido escolhidos.
a) Estar diante dEle.
b) Servirem (trabalhos do culto).
c) Ministrarem perante Ele (execução do culto).
d) Queimar incenso (adoração).

Em o Novo Testamento nós somos chamados de sacerdócio real.


3. Faxina Geral

Além da limpeza pesada do Templo que estava abandonado a muito tempo; era necessário remover as coisas relacionadas a idolatria e restaurar os objetos utilizados no culto.
Não somente no Templo. Mas na cada de cada judeu. Uma limpeza precisava acontecer.
Não sei se você já percebeu, espero que sim. Mas, Deus está convocando você nestes dias a fazer uma faxina na sua casa e remover o paganismo, a idolatria, o espiritismo e qualquer outra coisa da sua casa e do seu coração.

Uma vez o Senhor incomodou meu coração dizendo que eu tinha um livro que estava servindo de ponto de contato para a ação do Malígno. Um livro na minha biblioteca particular que estava ofendendo a santidade de Deus. Eu fiquei abismado.
Fui até a estante e imediatamente o Espírito Santo disse: É este. Abri o livro e li trechos aleatórios. O livro era de contos, porém com uma índole totalmente espírita. Com uma direção tão clara que recebi do Senhor, queimei o livro.

Outra vez, quando ainda estávamos com meu pai, senti que algo me incomodava muito. Entendemos que era um livro de horóscopo que meu pai tinha no guarda roupas. Fizemos a mesma coisa.

Ainda mais um exemplo. Eu tinha CDs cujas letras eram agressivas contra os princípios do Senhor. Eliminei eles, simples assim.

Quer mais? Eu usava muitos softwares piratas e pirateava qualquer coisa para quem quer que fosse. Um dia o Espírito Santo falou ao meu coração que precisava parar com aquilo.

Perceba que em todas essas coisas, não precisei de alguém que me falasse. O Espírito Santo ministrou ao meu coração sobre a faxina que eu precisava fazer. E sabe porque.

Porque eu não fechei as portas do Templo do Espírito Santo (meu coração); não deixei apagar lâmpada por falta de óleo, e jamais parei de pedir perdão argumentando o sacrifício de Cristo em meu lugar e também não parei de oferecer o incenso da adoração e da gratidão.

Ei! Escute de uma vez por favor! Deus está te dando mais 15 dias para fazer uma faxina no seu templo.
No 16° dia a faxina estava pronta lá em Jerusalém.
Para você aprender a conversar com Jesus
Tirar tempo adorando a Deus.
Investir em estudo da palavra e intercessão.


4. Gratidão

No verso 25ss fica evidente a necessidade de celebração e adoração.
Eles fizeram 14 dias de muita festa ao Senhor, nos quais, houve momentos de muita celebração e também outros de muita adoração.

Há uma necessidade de glorificarmos ao Senhor, com todo nosso corpo, alma e Espírito.

Então não fique estes 15 dias em casa apenas choramingando.
Tenha sim, momentos de profunda contrição e arrependimento. Chore sim apresentando os pecados ao Senhor e pedindo perdão. Chore sim apresentando sua nação, estado e cidade.

Porém, celebre também. Festeje também. Coloque aquele louvorsão enquanto você faxina a casa!
Relembre de tudo que o Senhor já fez por ti, a começar pela salvação.
E exalte também por tudo aquilo que você crê que Ele é e vai fazer.


Ministração

Estes 15 dias NÃO serão de uma clausuro improdutiva de embriaguez de séries e redes sociais!

Estes 15 dias NÃO serão um exílio na ilha da murmuração alimentando as hienas do medo!

Serão 15 dias de reforma! De tirar o lixo!

Quinze dias de um culto prolongado!

Sairemos mais fortes!

E por favor! Você que estava participando aqui presencialmente e também a todos que estão junto agora pelo Facebook. Por favor amados: Vamos prestar culto ao Senhor mesmo online!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...